17/03/2010
VIOLÊNCIA

Criança é torturada, estuprada e assassinada por asfixia

Compartilhe esta notícia:

Uma criança de 9 anos foi torturada, estuprada e morta. O corpo da estudante foi encontrado na manhã de ontem no quintal de uma casa em reforma, localizada no bairro de Jardim Fragoso, em Olinda. O pescoço dela estava amarrado por um fio de telefone e encostado em um tronco. O crime aconteceu a cerca de 50 metros da residência dos familiares da menina, onde ela foi vista com vida pela última vez. A menina foi encontrada por um pedreiro que trabalha na reforma do imóvel. “Quando vi a garota morta fiquei muito nervoso. Eu tinha acabado de chegar. É uma maldade muito grande”, comentou o pedreiro Ubiraci de Oliveira, de 30 anos.

De acordo com os parentes da garota, ela teria saído de casa, na última segunda-feira, por volta das 17h30, para comprar cigarros em uma mercearia a pedido do avô. No caminho até o estabelecimento, a criança teria sido morta. “Ela não chegou na mercearia. Procuramos Letícia durante toda a noite. Nunca imaginei que poderia acontecer isso com ela”, lamentou, emocionado, o pai da estudante, que está separado da mãe dela há quatro meses. Os familiares de Letícia estavam em estado de choque.


Durante a perícia realizada pelos técnicos do Instituto de Criminalística (IC) ficou constatado que a garota foi estuprada antes de ser assassinada. “O canal da vagina foi rompido. Além da violência sexual, observei uma perfuração feita com algum instrumento contundente na barrida da menina. Ela foi espancada, depois asfixiada”, explicou o perito do IC Heldo Soares de Souza. Ainda segundo ele, o assassino amarrou o pescoço da estudante para simular um possível suicídio. “O criminoso achou que podia enganar a perícia amarrando o pescoço da vítima com um fio de telefone. Mas é pouco provável que uma garota de 9 anos tire a própria vida”, observou o perito. Vestígios orgânicos foram coletados no local do homicídio.


O corpo da criança será submetido a um exame tanatoscópico no Instituto de Medicina Legal (IML), no bairro de Santo Amaro, no Recife. Apesar de ainda não ter suspeito para o crime, o delegado de plantão da Força Tarefa do Núcleo de Homicídios Norte, Josedite Ferreira, acredita que o assassinato foi praticado por uma pessoa conhecida da garota. “O criminoso pretendia estuprá-la, mas para esconder a identidade acabou matando a menina. Creio que a criança foi morta por uma pessoa que era conhecida dela e da família. Conversamos com pessoas da comunidade, mas inicialmente não temos suspeito”, comentou o delegado. As investigações complementares sobre o caso serão realizadas pela Delegacia de Olinda.




Fonte:

Nenhum comentário! Faça o primeiro

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do GIRO PE. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Serão deletados comentários com PALAVRÕES, NOMES DE TERCEIROS, DENÚNCIAS OU QUE INCITEM A VIOLÊNCIA. O GIRO PE poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Parque 18 de Maio
Mulher assassinada em Caruaru
Assista
Segundo o Deputado federal bolsonaro, Preso tem que se *&%$#@* e acabou
Palmares
Polícia apreende 142 pedras de crack no Bairro Santo Onofre
Protestos
Professores de Santa Maria da Boa Vista interditam BR-428
Dentro do Banco
Vigilante da agência do Banco do Brasil de Bom Jardim comete suicídio
Oportunidade
Fornecedores da Fiat abrem 1.350 vagas - Confira as vagas já abertas
Arcoverde
Inscrições do concurso público de Arcoverde estão abertas até o dia 24 de abril
600 vagas
Concurso Polícia Federal - A remuneração inicial é de R$ 7.887,33.
Disponível
Vagas de estágio para várias áreas em Garanhuns
Oportunidades
Três concursos abertos no Estado nesta quarta
GIRO PE - Seu Melhor lugar na Web
Copyright 2006 - 2014.
Todos os direitos reservados.